Fazenda Água Boa
Apresentação

OV: Nelore funcional com quatro décadas de tradição

A Fazenda Água Boa, localizada em Jussara, Goiás, é o berço da seleção genética do Nelore OV. Trabalho de família, passado de geração em geração há mais de 40 anos. É a casa de Otoni Ernando Verdi, médico de profissão e um confesso apaixonado pelo zebu brasileiro totalmente criado a pasto, rústico, funcional e extremamente produtivo em todas as regiões desse imenso país tropical.

O início do criatório remonta à 1968, antes mesmo da aquisição destas terras, com a chegada de 14 novilhas e um touro vindos do norte do Paraná, rebanho da Fazenda Ibianê, com origem na respeitada marca VR. Três anos depois duas destas novilhas foram descartadas, dando início a um rigoroso processo de seleção visando a maior eficiência reprodutiva e qualidade genética. “Hoje colhemos generosos frutos deste trabalho criterioso, sendo o stayability uma das mais fortes características em nosso rebanho”, conta Otoni Verdi.

Entre 1972 e 1973 foi a vez da aquisição de dois grandes reprodutores vindos da Fazenda Paraíso, de Álvaro Afonso do Nascimento, em Araçatuba/SP. Aliado (filho de Badan Kavardi do Paraíso – Kavardi x Ashoka) e Elétrico (filho neto deste mesmo reprodutor). Ambos foram muito importantes na formação da base do plantel e na fixação de boas características raciais.

No ano de 1975 a seleção que vinha sendo feita na área onde atualmente é o Condomínio Aldeia do Vale, em Goiânia, foi transferida definitivamente para Jussara. Sempre pensando no melhoramento genético, em 1976 a família Verdi implanta o trabalho de inseminação artificial utilizando doses dos mais renomados reprodutores Nelore da época. “Foi um começo difícil, com custos altos e resultados muito abaixo daqueles que temos hoje. Mas insistimos, confiamos e fomos reunindo grandes touros e matrizes. A transferência de embriões só chegou 19 anos depois e agora temos orgulho em dizer que aplicamos as mais modernas tecnologias reprodutivas em todas as nossas fazendas”, destaca o zootecnista Otoni Ernando Verdi Filho.

Sempre melhorando

A Fazenda Água Boa decidiu integrar o CDP da ABCZ (Controle de Desenvolvimento de Ponderal) em 1989, participando ativamente da evolução das ferramentas de melhoramento genético oferecidas pela associação, até chegar ao PMGZ (Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos). Também participa da ANCP desde 2008 (Classificação G2) com a assessoria técnica do Dr. Walter Domingues.

Foi no ano 2000 que a história ganhou novos rumos. É quando nasce Galileu da Água Boa, touro de excelente avaliação genética com mais de 100 mil doses comercializadas. Na ANCP possui 714 filhos avaliados em 52 fazendas. É líder para Stayability, Top 3% para MP 120, com acurácia de 78%. No PMGZ são 1642 filhos avaliados em 230 fazendas, Top 2% para maternal com acurácia de 78%.

Nos dias atuais a parceria Nelore OV e ABS Pecplan oferece ainda a genética de mais oito touros: Honor, Matão, Norte, Dedal Marupiara OV, Rebate, Relevo, Reinador e Sul. A fazenda também é berço de Maceió TE da Água Boa e Quinteto em coleta e comercialização pela CRV Lagoa. “A criação da Expogenética veio de encontro com os objetivos da nossa seleção. Sempre acreditamos em um modelo de evento com foco em resultados para produtividade, é por isso que estamos presentes desde a primeira edição”, conta Otoni.

Bons a campo e Provados!

Toda qualidade comprovada a campo não demoraria para repercutir nas mais importantes avaliações genéticas. Em 2011 o touro Quinteto da Água Boa foi classificado para o PNAT (Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens da ABCZ). No ano seguinte já foram mais dois classificados, Relevo e Reinador da Água Boa. No ano passado foi a vez de Sul TE da Água Boa ficar entre os 10 melhores colocados de animais enviados por criatórios de todo Brasil.

Também em 2013 outro excelente reprodutor, Telão da Água Boa, foi classificado em primeiro lugar na Etapa Confinada da Prova de Ganho de Peso da AGCZ/Embrapa, relevante trabalho em nível nacional, parceria da AGCZ e Embrapa Arroz e Feijão. “Sempre fizemos questão de apoiar e participar da Goiás Genética, importante evento regional de melhoramento genético. Bom momento para encontrar amigos e novos clientes para apresentar um pouco do nosso trabalho. É um orgulho mostrar as conquistas deste ‘Nelore Feito à Mão’ ”, sorri Otoni Filho.

Ele mesmo também teve seu reconhecimento ano passado. Conquistou o Prêmio BeefPoint Brasil, categoria Produtor de Genética, sendo escolhido por votação aberta de produtores e profissionais do setor de agropecuária, concorrendo com outros renomados selecionadores. “São, ao todo, 46 anos de trabalho e empenho na seleção de Nelore PO. É motivo de grande alegria seguir em frente contando com a ajuda da minha família, que sempre esteve ao meu lado, além da parceria dos clientes que confiam na nossa genética. Mantemos o foco do plantel sempre bem definido, com planos de melhoramento eficientes que resultem em touros e matrizes funcionais que atendam plenamente as necessidades dos nossos clientes: bezerros vigorosos, de bom desempenho, melhor valor genético garantindo a viabilidade econômica e a lucratividade da pecuária”, resume Otoni Verdi.

Atualmente, o trabalho de seleção do Nelore OV é realizado em três fazendas próprias e em mais duas de parceiros, com a seguinte estruturação:

FAZENDA ÁGUA BOA
Localizada no município de Jussara, Goiás, sede geral de todo o trabalho, é onde está o maior número de matrizes e é realizada grande parte das vendas. Nesta propriedade há uma estrutura especial para utilização de biotecnologias de reprodução e a preparação dos animais para algumas exposições.
A série alfanumérica na ABCZ é OEV e o sufixo "da Água Boa".

FAZENDA SANTA MARIA DO INDAIÁ
Também em Jussara, é dedicada ao trabalho de cria com uso de inseminação artificial por tempo fixo (IATF) e monta natural, com touros do próprio criatório de seleção.
A série alfanumérica na ABCZ é OEVF e o sufixo "do Verdi".

FAZENDA SANTA FÉ
Localizada no município de Santa Fé, Goiás, é onde é feita principalmente a recria a pasto dos animais desmamados na Água Boa, Santa Maria e nas parcerias. Após recriados, os animais são encaminhados para a Água Boa para reposição/vendas e para as outras fazendas apenas para reposição.
Sua série alfanumérica na ABCZ é OEVO e o sufixo "Santa Fé OV".

FAZENDA MARUPIARA

Localizada no município de Itapirapuã, é propriedade da Sra. Neide Biagi Pagnano Cond./Outros, com quem Otoni Verdi tem parceria de produção de parte das matrizes.
Sua série alfanumérica na ABCZ é OEVM e o sufixo "Marupiara OV".

FAZENDA FUNDÃO
Propriedade de João Pereira de Lima, com quem a família Verdi também tem parceria de produção de parte das matrizes.
Sua série alfanumérica na ABCZ é OEVO sufixo "Santa Fé OV".

As propriedades são muito próximas, em municípios vizinhos, facilitando o acompanhamento de todo trabalho.

A seleção OV participa da ANCP desde 2008 (Classificação G2) com a assessoria técnica do Dr. Walter Domingues e do PMGZ (ABCZ) há 23 anos. O gerenciamento e os acasalamentos são feitos pelo zootecnista Otoni Ernando Verdi Filho, formado pela Unesp de Botucatu/SP, trabalho através do qual já foram selecionados dez touros para Centrais de Inseminação, com a evolução altamente positiva do rebanho.